Correios vão judicializar disputa com funcionários por plano de saúde

Fim das negociações põe fim a disputa com funcionários por plano de saúde

Terça, 12 de Setembro de 2017 – Chegou ao fim os esforços de se chegar a um meio termo entre os Correios e seus servidores sobre o benefício do plano de saúde.

Hoje em dia ele é custeado quase que integralmente pela estatal, e os funcionários colaboram com apenas 5%. Neste ano de 2017, a estimativa de custo com o benefício é na casa de mais R$ 1,9 bilhão.

Emmanoel Pereira, ministro do TST responsável por intermediar as tratativas, comunicou informalmente a Guilherme Campos, presidente da estatal, o fim das negociações.

O TST enviará aos Correios ainda essa semana um comunicado oficial e, ato contínuo, a estatal acionará a Justiça.

Fonte