Agência dos Correios é arrombada, fecha as portas e não há previsão de quando vai reabrir em Guarapari

Agência dos Correios é arrombada, fecha as portas e não há previsão de quando vai reabrir em Guarapari

Após ser arrombada, a agência dos Correios não funcionou nesta segunda-feira (28). Na porta um comunicado pede para os clientes se dirigirem até as agências do Aeroporto ou Muquiçaba

A agência dos Correios, localizada na Travessa Custódio Gonçalves dos Santos, no Centro, foi arrombada e furtada na madrugada desta segunda-feira (28). Essa já é a segunda agência vítima da ação de bandidos em menos de dois meses, em Guarapari.

Dessa vez, os criminosos abriram um buraco em uma das paredes laterais dos Correios para ter acesso ao interior da agência. Por conta do crime, o estabelecimento não está funcionando nesta segunda-feira (28). Foram fixados alguns comunicados na porta e nas paredes em que está escrito que a agência não está funcionando por motivo de força maior e que os clientes devem se dirigir as agências do Aeroporto ou Muquiçaba.

Portal 27 procurou assessoria de comunicação dos Correios para saber o que foi roubado e até quando a agência ficará fechada. Por meio de nota eles confirmaram o crime e não deram previsão da volta das atividades da agência.

A Agência dos Correios, no centro de Guarapari, sofreu arrombamento da madrugada do domingo para segunda-feira (28). A Polícia Federal esteve no local e já iniciou as investigações.  Por questões referentes à política de segurança da empresa, não são divulgados detalhes da ação para que a investigação não seja comprometida. A unidade ficará fechada até que haja autorização para reabertura tanto por parte da PF quanto da área de segurança dos Correios. Quem necessitar dos serviços dos Correios poderá utilizar unidade mais próximas: Agência Praia do Morro e Agência Muquiçaba”.

Nossa reportagem também procurou a Polícia Federal para saber o que foi levado e como está a investigação e foi informada que

“hoje pela manhã registramos uma ocorrência de arrombamento da agência dos Correios de Guarapari noticiado pelo chefe de segurança daquela empresa. Uma equipe de policiais federais formada por Agentes e Peritos foi deslocada até o local para colher indícios do crime. Os prejuízos serão apurados pelo correio bem como a verificação de itens levados. Será instaurado inquérito policial para apurar os fatos”.