Correios de Portugal e do Brasil querem facilitar e-commerce

O novo acordo entre os CTT e os ECT deverá permitir a redução do tempo média de entrega de encomendas registadas entre os dois países..

Os correios de Portugal (CTT) e do Brasil (ECT) firmaram um novo acordo que poderá contribuir para incrementar o comércio electrónicos dos dois países. A parceria visa aumentar a competitividade dos produtos de correio expresso que suportam parte das trocas comerciais entre os países.

Segundo os prestadores de serviços, até agora, as encomendas registadas em circulação entre o Brasil e Portugal precisavam de, em média, 40 dias úteis para ser entregues após a desalfandegamento dos objectos. Com o novo acordo, a previsão é que esse prazo caia para uma média de 12 dias úteis, avançam os correios do Brasil.

Uma das mudanças previstas com o acordo assinado a 27 de Outubro, é a melhoria na qualidade de informação nos fluxos postais, permitindo um rastreamento mais completo que facilita a previsão de entrega das encomendas postadas principalmente para quem efectua compras e vendas pela Internet, explicam os ECT.

Na prática, o acordo prevê a migração do tratamento das encomendas de correio electrónico que, na maior parte das vezes chega ao Brasil através de correio registado e simples para uma plataforma mais qualificada, em conformidade com as condições de recepção brasileiras “Novo Modelo de Importação”, que abrange o envio de informações electrónicas, explicam os correios do Brasil, citados pela IDGNow.

“O comércio electrónico é (…) um dos eixos estratégicos de desenvolvimento dos CTT e acreditamos que estes acordos agora assinados com o Brasil são uma das chaves para o desenvolvimento das trocas neste corredor atlântico, aproveitando a crescente digitalização da economia e a ligação tradicionalmente relevante entre as comunidades de nacionais de ambos os países”, disse, recentemente, Francisco de Lacerda, presidente-executivo dos CTT.

As duas empresas (CTT e ECT) têm vindo a firmar acordos para facilitar este tipo de transacção. Recentemente anunciaram a redução conjunta das “condições de remuneração que praticam entre si, viabilizando desse modo o lançamento de ofertas de correio expresso premium mais competitivas, para clientes de comércio electrónico que vendem entre os dois países”, explicam os CTT em comunicado.

A um nível logístico, “os acordos introduzem níveis de informação de melhor qualidade nos fluxos de tráfego entre os dois países, o que permite reforçar a prestação de informação de rastreamento e previsão de entrega quer a clientes, quer a destinatários”.

Fonte: Computerworld (Leia o artigo completo)

 

Atrasos nas correspondências em vários bairros geram reclamações

Moradores de alguns bairros denunciam que há meses estão tendo transtornos devido à irregularidade das correspondências. Atrasos nas entregas, cartas que não chegam e demora na retirada das correspondências no prédio dos Correios localizado na Rua Floriano Peixoto estão entre as queixas.

O autônomo Enildo Albergaria relatou que os problemas começaram cerca de dois meses atrás.

– De um tempo para cá não estamos recebendo as entregas como antes, quando vem é uma vez por semana. Já teve época de ficar uns 15 a 20 dias sem entregas, precisei enfrentar fila na lotérica e não consegui quitar a dívida, fui avisado no guichê que era necessário o código de barras da fatura, mesmo a operadora tendo garantido que conseguiria, precisei me dirigir até o banco e aguardar mais um tempo de espera. Se toda vez que alguém precisar pagar uma conta tiver que passar por esse procedimento vai ficar complicado – disse.

Enildo contou ainda que tanto ele como os vizinhos entraram em contato com os Correios que alegaram a mudança de carteiros na área como o motivo das irregularidades.

– Eu e outras pessoas já ligamos para os Correios, inclusive a última vez tem poucos dias, fomos informados que o carteiro que fazia as nossas entregas mudou, só que já tem tempo, agora não sei qual o verdadeiro motivo. Não temos conhecimento se nossas correspondências estão sendo entregues em outro local. Achei que com a modernidade as coisas iriam melhorar, mas não é o que temos visto – falou.

A dona de casa Maria de Fátima Evangelista de Almeida também tem passado dificuldades em relação as entregas. Antigamente o carteiro visitava o bairro três vezes por semana, agora não tem dia definido.

– Não estamos mais recebendo cartas corretamente há muito tempo. Quando o carteiro faz as entregas é grande o número de contas parece que eles deixam acumular para entregar tudo de uma vez. E quando chegam já estão vencidas há dias, e o problema é que somos nós que pagamos os juros – contou.

Com a irregularidade das entregas, a dona de casa relatou que precisa buscar as faturas dos cartões no banco, para evitar pagar juros.

– Fui ao banco retirar a fatura, porém fico muito tempo na fila. Tenho um bebê e assim como eu, muitas pessoas não podem perder tempo andando de um lado para o outro se o certo era isso chegar em nossas casas – disse.

Além de não receber as correspondências adequadamente em casa, os moradores estão encontrando dificuldades ao tentar retirar no prédio dos Correios, localizado na Rua Marechal Floriano Peixoto, nº 91, no Centro. A dona de casa explicou que apesar de ter feito reclamações anteriores, apenas um funcionário fica encarregado de despachar as entregas, o que acaba acarretando grandes filas.

– Novamente fui nos correios da Floriano Peixoto, mais uma vez a fila estava imensa e tinha somente um funcionário para atender. É absurdo o tempo de espera e um desrespeito com os moradores, sem contar que o horário de atendimento começa a partir das 13h. Ás vezes as pessoas aproveitam um momento do dia ou uma brecha no horário de almoço para tentar pegar suas cartas e simplesmente não conseguem, vi algumas pessoas que já estavam aguardando há algum tempo ir embora sem serem atendidas por que tinha outros compromissos – contou.

Procurado pelo Diário de Petrópolis, os Correios afirmaram que as correspondências estão sendo entregues regularmente e que, seguindo a determinação do Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (Portaria nº 1.203 de 7 de março de 2018), os Correios implantaram o serviço de DDA (Distribuição Domiciliar Alternada), que realiza a entrega em dias alternados durante a semana.

Trata-se de um modelo já praticado em outros países do mundo, tendo em vista a queda vertiginosa de mensagens, resultante da introdução de novas tecnologias na rotina da sociedade. O carteiro realiza a distribuição em dias alternados em um mesmo endereço.

É importante frisar que a alternância é exclusiva para o segmento de mensagens (cartas, boletos, etc), ou seja, para serviços como SEDEX, PAC, telegrama e encomendas internacionais, as entregas continuam sendo diárias.

Ainda que as entregas estejam ocorrendo de forma regular, os Correios realizarão o acompanhamento das entregas nos endereços citados, a fim de garantir a qualidade do serviço.

Fonte: Diário de Petrópolis (Leia o artigo completo)

Telegrama Nacional/Internacional

Mensagem urgente e confidencial, transmitida eletronicamente para o local de entrega, onde é impressa e auto-envelopada para entrega no endereço do destinatário. Envie seu telegrama agora mesmo.

NACIONAL

Disponibilidade do serviço:

Em todo o território nacional

Quem pode usar:

– Pessoas físicas – sem contrato;
– Pessoas jurídicas – com ou sem contrato.

Como funciona:

Serviços Básicos:

– Entrega Domiciliária em Perímetro Urbano
– O telegrama destinado a um local fora do perímetro urbano, onde não existe entrega domiciliária, ficará à disposição do destinatário, em Posta Restante, na agência mais próxima, por um período de 7 dias corridos. O remetente será informado dessa situação;
– Devolução automática ao remetente, no caso de não entrega (são realizadas até três tentativas).

Entrega

Prazos para a entrega:

– Veja os nossos prazos de entrega;
– O compromisso da ECT com a entrega está condicionado aos limites de horário e dias de execução próprios do Serviço de Telegrama.

Em caso de atraso na entrega de mensagens telemáticas, a restituição corresponderá ao valor dos preços telemáticos vigentes na data da solicitação de pagamento da indenização, excluído o valor dos serviços adicionais, quando houver.

Por que usar este serviço?

– Entrega em todos os municípios brasileiros;
– Possui tratamento de objetos urgentes;
– Comodidade na transmissão;
– Agilidade na entrega da mensagem;
– Não há limite para o tamanho do texto;

INTERNACIONAL

Disponibilidade do serviço:

Em todo o território internacional

Quem pode usar:

– Pessoas físicas – sem contrato;
– Pessoas jurídicas – com ou sem contrato.

Como funciona

Entrega

Para o telegrama internacional, a entrega está condicionada aos horários estabelecidos pelos países de destino.
Prazo estimado de entrega: 5 dias úteis

Por que usar este serviço?

– Entrega em todos os municípios brasileiros; 
– Possui tratamento de objetos urgentes; 
– Comodidade na transmissão; 
– Agilidade na entrega da mensagem; 
– Não há limite para o tamanho do texto; 

Fonte: Correios

Serviços opcionais na hora da remessa da encomenda: Pagamento na entrega

É o serviço de remessa expressa e econômica para envio de documentos e mercadorias, no qual o remetente paga os preços postais no momento da postagem e estipula o valor a ser cobrado do destinatário.

Disponibilidade do serviço:

 Em todo o território nacional.

Quem pode usar:

– Pessoas físicas e jurídicas sem contrato;
– Pessoas jurídicas com contrato.

Como funciona

Os objetos SEDEX e PAC com Pagamento na Entrega devem ser apresentados abertos para postagem, conferidos pelo atendente e fechados na presença do remetente da encomenda, exceto quando se tratar de clientes com vínculo contratual.

Serviços Básicos:

– Entrega interna em agência;
– Registro automático;
– Aviso de Chegada ao destinatário da encomenda.

Entrega

Realizada na Agência dos Correios mais próxima do endereço do destinatário.
A entrega no balcão da unidade postal é feita apenas ao próprio destinatário, ou a pessoa por ele autorizada, no campo apropriado do aviso de chegada deixado pelo carteiro.

Indenização por atraso na entrega:

Seguir a indenização do serviço contratado, SEDEX ou PAC.

Por que usar este serviço?

Rastreamento do objeto: permite a rastreabilidade desde a postagem até a entrega;
– Remetente define o valor a cobrar do destinatário;
– Garantia de receber o valor pago pelo destinatário.

Fonte: Correios

Correios dizem que não garantem prazo de entrega de encomendas

Correios dizem que não garantem prazo de entrega de encomendas

Os Correios informaram, nesta segunda-feira (28), que não conseguem garantir os prazos de entrega dos objetos postais por conta da greve dos caminhoneiros.

Isso se aplica, segundo a estatal, a todas as modalidades de serviço internacional, Sedex, PAC, malote, carta, FAC, impresso, mala direta, Correios Entrega Direta, Remessas Econômica/Expressa, Telegrama Nacional e Carta Nacional Via Internet.

Impacto nas postagens

Na última quinta-feira (24), a empresa já tinha declarado que 38% das encomendas não haviam sido entregues, enquanto 36% das correspondências previstas ficaram sem chegar ao seu destino.

A estatal creditou os números à impossibilidade da chegada dos caminhões dos Correios ao seu destino por conta da greve dos caminhoneiros.

No momento, apenas os serviços com dia e hora marcados (Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje) estão temporariamente suspensos.

Fonte: www.ecommercebrasil.com.br ( leia artigo completo )