Carnaval exige cuidado nas compras pela internet. Confira dicas

Neste ano, o Carnaval cairá no início de março. Será entre os dias 2 e 6 de março e é natural que muitas pessoas aproveitem o período para viajar, seja para aproveitar o período para descanso, seja para curtir o Carnaval em cidades que possuem programação especial neste sentido, com desfiles, trios elétricos e blocos. Nos dois casos, é importante ficar atento nas compras de pacotes, passeios e ingressos pela internet.

“Segundo Maurício Balassiano, diretor de Certificação Digital da Serasa Experian, aproveitando a empolgação das pessoas, muitos criminosos aproveitam para dar golpes: “Para não se frustrar justamente numa data de tanta alegria, convém ao consumidor, sobretudo o folião, tomar certos cuidados”, adverte.

No ano passado, 10,6 milhões de brasileiros viajaram pelo País no período, segundo dados do Ministério do Turismo, e a economia de modo geral teve a injeção média de R$ 11 bilhões. O consumidor, para evitar a compra de última hora e ganhar tempo, acaba optando pelo e-commerce, onde não precisa pegar fila para estacionar e pode comparar preços mais facilmente. “A loja virtual de fato permite essa comodidade. Há pontos muito positivos nesse sentido, mas em datas como o Carnaval os criminosos fazem ataques de phishing, através do envio de e-mails, SMS e se valem de réplicas de sites de lojas conhecidas, tudo para enganar as pessoas e captar dados pessoais, informações do cartão de crédito e senhas, que podem inclusive serem usadas num momento seguinte”.

As tentativas de fraudes de identidade acontecem tanto no ambiente online quanto off-line. Representam por exemplo o ato de alguém tentar usar dados pessoas de terceiros para firmar negócios sob falsidade ideológica ou para obter crédito sem a intenção de pagar. Estes dados podem ser roubados por meio da internet e meios eletrônicos ou furtados diretamente da pessoa, que muitas vezes também perde os documentos e não se dá conta.

Mapeamento da internet, feito recentemente pela BigData Corp a pedido da Serasa Experian, em junho de 2017, apontou que 40,10% dos sites do País não estão seguros, o que representa um total de 7,2 milhões de endereços. Estes sites não possuem o certificado de segurança (SSL – Secure Socket Layer), que promove uma conexão segura utilizando a criptografia entre o servidor e os dados trafegados, o que evita o roubo de dados durante a transação.

Por tudo isso, é bom ficar atento a alguns cuidados:

  • Desconfie de superofertas que chegam a você. Acesse o site em questão e veja se ele tem a proteção de um Certificado Digital SSL. Uma boa dica é verificar se no browser há um cadeado fechado. Esse “cadeado de segurança” fica em algum lugar da janela do navegador. Clique sobre ele e confirme se o Certificado Digital emitido está válido e em nome da loja.
  • Essa mesma conferência pode ser feita no Selo de Segurança do site, que fica normalmente no pé da página.
  • Outra dica é, ao acessar o site da loja, conferir se o HTTP tem a letra S, ou seja, HTTPS. Se tiver, você está num ambiente seguro e pode expor seus dados.
  • Confira tudo isso, evite o impulso de olhar apenas o preço, a oportunidade de uma compra muito vantajosa.
  • Além disso, há outros aspectos previstos pela Lei do Consumidor. Por exemplo o fato de que compras feitas pela internet também permitirem que o consumidor exerça o seu direito de arrependimento em até sete dias – contados da data da compra ou do recebimento do produto.
  • Tomadas todas essas precauções, aproveite bem a data e as compras seguras. Caia na folia, mas com segurança.

Fonte: IT Fórum (Leia mais)

Prazo diferenciado

O que é prazo diferenciado?

Área com distribuição sujeita a prazo diferenciado

Quando o rastreamento da sua encomenda apresentar a mensagem “Área de distribuição sujeita a prazo diferenciado“, significa que a entrega em sua região será alterada e levará mais tempo do que o previsto.

Mas por que isso ocorre?

Em geral, essas áreas tem poucas entregas ou ficam próximas a áreas de risco com alto índice de assaltos. A agência local dos Correios, responsável pela entrega, aguarda um volume significativo de entregas para utilizar uma escolta armada para que a entrega seja realizada com segurança.

Infelizmente os Correios não avisam ou sequer comunicam as empresas de tais áreas, elas aparecem e desaparecem semanalmente e não há como as empresas avisarem os clientes caso sua área seja “Área sujeita a prazo diferenciado“.

IMPORTANTE: Como saber qual agencia do correio esta minha encomenda

Mais informações, consulte o site dos correios

Correios desativados

Serviço será desativado nas Casas do Cidadão da Itavuvu e de Brigadeiro Tobias

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos anunciou que a partir do dia 12 de novembro desativará o serviço de banco postal das unidades das Casas do Cidadão da avenida Itavuvu (zona norte) e de Brigadeiro Tobias (zona leste). A decisão partiu de estudos realizados pelos Correios junto ao Banco do Brasil, a pedido da Prefeitura de Sorocaba. De acordo com a Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid), pasta responsável pelas unidades de descentralização de serviços, a desativação foi solicitada para garantir mais segurança aos usuários das Casas do Cidadão.

Fonte: Jornal Cruzeiro (Leia o artigo completo)

Correios recebe provas do Enem para distribuição

Os Correios começam a encaminhar, neste sábado (29), aproximadamente 11 milhões de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, previsto para acontecer nos dias 4 e 11 de novembro. Na quinta-feira (27), durante o Encontro Nacional para Alinhamento Operacional do Enem, em Osasco (SP), iniciou-se o encaminhamento dos mais de 60 mil malotes de provas, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), realizador do Exame. O evento teve como objetivo o alinhamento das ações inerentes à execução do Enem e marcou a autorização ministerial para o início da expedição das provas.

Os Correios possuem papel fundamental na logística do Enem, como responsáveis pela retirada do material da gráfica até a entrega nos locais de aplicação. A empresa também faz a logística reversa para a correção das provas. Durante esse trajeto continental – são 8 mil rotas de transporte -, o material é escoltado pelas forças de segurança e o Exército fica responsável pela guarda temporária dos malotes em seus batalhões, garantindo o sigilo de informação.

A operação Enem 2017 distribuiu 13 milhões de provas em 1.725 municípios brasileiros, o que representa 326 mil km percorridos. Este ano, mais de 5,5 milhões de inscrições estão confirmadas no Exame e os Correios serão os responsáveis pela logística de distribuição novamente.

Parceria – Em 2018, será realizada a 20ª edição do Exame Nacional do Ensino Médio, a 10ª com a participação dos Correios. A empresa realiza a Operação Enem desde 2009, quando o Inep a convidou para operar a logística do Exame, depois que provas foram furtadas de uma das gráficas responsáveis pela produção dos cadernos de questões. Os Correios são parceiros do Inep em outras operações, como o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Fonte: Correios (Leia o artigo completo)

Agência dos Correios é arrombada, fecha as portas e não há previsão de quando vai reabrir em Guarapari

Agência dos Correios é arrombada, fecha as portas e não há previsão de quando vai reabrir em Guarapari

Após ser arrombada, a agência dos Correios não funcionou nesta segunda-feira (28). Na porta um comunicado pede para os clientes se dirigirem até as agências do Aeroporto ou Muquiçaba

A agência dos Correios, localizada na Travessa Custódio Gonçalves dos Santos, no Centro, foi arrombada e furtada na madrugada desta segunda-feira (28). Essa já é a segunda agência vítima da ação de bandidos em menos de dois meses, em Guarapari.

Dessa vez, os criminosos abriram um buraco em uma das paredes laterais dos Correios para ter acesso ao interior da agência. Por conta do crime, o estabelecimento não está funcionando nesta segunda-feira (28). Foram fixados alguns comunicados na porta e nas paredes em que está escrito que a agência não está funcionando por motivo de força maior e que os clientes devem se dirigir as agências do Aeroporto ou Muquiçaba.

Portal 27 procurou assessoria de comunicação dos Correios para saber o que foi roubado e até quando a agência ficará fechada. Por meio de nota eles confirmaram o crime e não deram previsão da volta das atividades da agência.

A Agência dos Correios, no centro de Guarapari, sofreu arrombamento da madrugada do domingo para segunda-feira (28). A Polícia Federal esteve no local e já iniciou as investigações.  Por questões referentes à política de segurança da empresa, não são divulgados detalhes da ação para que a investigação não seja comprometida. A unidade ficará fechada até que haja autorização para reabertura tanto por parte da PF quanto da área de segurança dos Correios. Quem necessitar dos serviços dos Correios poderá utilizar unidade mais próximas: Agência Praia do Morro e Agência Muquiçaba”.

Nossa reportagem também procurou a Polícia Federal para saber o que foi levado e como está a investigação e foi informada que

“hoje pela manhã registramos uma ocorrência de arrombamento da agência dos Correios de Guarapari noticiado pelo chefe de segurança daquela empresa. Uma equipe de policiais federais formada por Agentes e Peritos foi deslocada até o local para colher indícios do crime. Os prejuízos serão apurados pelo correio bem como a verificação de itens levados. Será instaurado inquérito policial para apurar os fatos”.