Como fica o concurso Correios com fechamento de agências? Entenda!

Na última terça, 16, os Correios iniciaram o fechamento de agências no país. Mas, como fica a realização de um próximo concurso? Entenda!

Na última terça-feira, 16, os Correios iniciaram o fechamento de 41 agências em todo o país. Segundo a empresa, a estratégia faz parte de um processo de remodelagem da rede de atendimento.

No entanto, quem deseja ingressar no quadro de funcionários da companhia se pergunta: Como fica o concurso para os Correios? FOLHA DIRIGIDA questionou a empresa e traz os esclarecimentos sobre o assunto. Entenda!

Segundo os Correios, estão sendo encerradas as atividades de duas agências no Rio de Janeiro, sendo elas no Tanque, em Jacarepaguá, e na Dias da Rocha, em Copacabana. Como alternativa de atendimento, os clientes podem se dirigir às unidades da Taquara e AC Copacabana, respectivamente. Além delas:

“Agências também serão encerradas nos Estados do Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Piauí, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Roraima, Rio Grande do Sul e São Paulo”, segundo os Correios.

No entanto, questionado sobre a situação dos funcionários das unidades fechadas, os Correios informaram que não haverá demissões . “Os funcionários serão realocados em outras agências“, informou a empresa.

O objetivo da ação, segundo os Correios, é otimizar e realocar os recursos existentes, para colaborar com a sustentabilidade da empresa e nas melhorias do atendimento aos cidadãos. “As unidades que estão sendo desativadas ocupam imóveis alugados, estão sombreadas por outras próximas e são deficitárias“, afirmou a companhia.

Sobre o impacto para os clientes, os Correios informaram que as agências estão sendo fechadas porque possuem um número muito pequeno de atendimentos por mês. Além disso, segundo a empresa, a intenção é remodelar a rede e os serviços à população, ampliando os canais de atendimento.

“Hoje temos cerca de 12 mil pontos. Até 2021, pretendemos ampliar essa rede para 15 mil pontos”, afirmaram os Correios.

Fonte: Folha dirigida (Leia o artigo completo)

Aluno de Bauru ganha selo personalizado em concurso dos Correios

Desenho de Renzo Vitorino de Oliveira Dias, 10 anos, estudante da rede municipal de ensino, foi o vencedor da iniciativa promovida pelos Correios e Secretaria Municipal de Educação.

A Secretaria Municipal da Educação, em parceria com os Correios, realizou nesta segunda-feira (25) a entrega do prêmio referente ao “Concurso de Arte Juvenil-Brasil rumo a Copa 2018” no Núcleo de Ensino Renovado Lydia Alexandrina Nava Cury, no Núcleo Geisel.

O vencedor, Renzo Vitorino de Oliveira Dias, de 10 anos, recebeu como premiação o seu desenho transformado em selo personalizado. Para eleger o campeão, foram utilizados os seguintes critérios: criatividade, originalidade, legibilidade e adequação ao tema proposto.

O concurso teve como objetivo a eleição da arte no tema “Brasil Rumo à Copa 2018” para ser impresso no formato de selo personalizado na Superintendência Estadual de Operações dos Correios São Paulo Interior. Além disso, o concurso promoveu a participação da população juvenil em atividades culturais, através da divulgação da filatelia (estudo dos selos) e a capacidade de interesse de jovens pelo universo dos selos.

Para participar da competição os alunos tinham que produzir um desenho que fizesse alusão ao tema “Brasil Rumo à Copa 2018” retratando a visão que tinham sobre o Campeonato Mundial de Futebol 2018 realizado na Rússia. O concurso teve a participação dos estudantes da Educação Pública Municipal do Ensino Fundamental.

A entrega da premiação a Renzo foi feita pelo Gerente da Agência Filatélica de Bauru, Heverton Pagliaci. Os pais do aluno vencedor também participaram da premiação. Os demais alunos participantes receberam como prêmio de participação e reconhecimento um kit Correios com itens da filatelia.

Fonte: JCNET (Leia o artigo completo)

Correios abre seletivo para estagiários no Maranhão

Correios abre seletivo para estagiários no Maranhão

Os estagiários terão bolsa mais benefícios que chegam a R$ 788,90

SÃO LUÍS – Os Correios abriram seletivo para estágio de nível superior no âmbito da Superintendência Estadual de Operações no Maranhão. São sete vagas para preenchimento imediato e mais cadastro de reserva para as áreas de Administração, Arquitetura, Direito e Jornalismo.

 

As inscrições começaram nessa quarta-feira (11) e se estendem até o dia 31. Os interessados devem acessar o site dos Correios, aba “Sobre os Correios”, seguindo o caminho: “Recursos Humanos”, “Estágios”, “Inscrições Abertas” e preencher a ficha de inscrição disponível no endereço. No próprio destino, é possível encontrar o edital e todas as demais informações sobre o processo seletivo.

Os estagiários dos Correios têm direito a bolsa estágio mais benefícios que chegam a R$ 788,90 e demais garantias previstas na Lei nº 11.788/2008.

Fonte

Correios e Detran-CE abrem inscrições de concursos públicos

Correios e Detran-CE abrem inscrições de concursos públicos

Veja a lista atualizada dos concursos abertos no país. E ainda:

Fonte

Greve dos correios: 3 opções práticas e eficazes para correios em greve

Correios publica edital com ofertas para todo o Brasil

Foi publicado, no último dia 5 de outubro, o edital do concurso dos Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), com oportunidades em 25 Estados e no Distrito Federal.
A seleção vai preencher 88 vagas, além de formar cadastro reserva, em cargos nas áreas de engenharia, saúde e segurança.

Oportunidades

Nível médio e formação técnica são requisitos para auxiliar de enfermagem do trabalho júnior (12 postos) e técnico em segurança do trabalho (21). Os salários são de R$ 1.876,43 e R$ 2.534,14, respectivamente.
As oportunidades com exigência de curso superior são para enfermeiro do trabalho júnior (2), engenheiro de segurança do trabalho júnior (9) e médico do trabalho júnior (44). A remuneração oferecida para o cargo de enfermeiro é de R$ 4.689,13, enquanto para engenheiro e médico é pago R$ 4.903,05.
Como benefícios, são oferecidos vale alimentação/refeição; vale transporte; auxílio creche ou auxílio babá; auxílio para filhos dependentes com deficiência; e possibilidade de adesão a plano de previdência complementar.

Distribuição

Há chances para lotação em Brasília/DF (6), Rio Branco/AC (1), Maceió/AL (1), Manaus/AM (1), Macapá/AP (2), Salvador/BA (4), Fortaleza/CE (2), Vitória/ES (3), Goiânia/GO (2), São Luís/MA (1), Belo Horizonte/MG (7), Campo Grande/MS (1), Belém/PA (1), João Pessoa/PB (2), Recife/PE (6), Teresina/PI (1), Curitiba/PR (3), Rio de Janeiro/RJ (4), Natal/RN (2), Porto Velho/RO (2), Boa Vista/RR (1), Porto Alegre/RS (12), São José/SC (4), Aracaju/SE (2), Bauru/SP (5), São Paulo/SP (11) e Palmas/TO (1).
No Ceará, duas vagas efetivas são oferecidas para médico do trabalho (uma delas para portador de deficiência). Os postos de engenheiro de segurança do trabalho, auxiliar de enfermagem e técnico em segurança do trabalho comporão cadastro reserva no Estado.
Do total de vagas em disputa, 11 são destinadas a candidatos que se declararem negros e 20 a pessoas com deficiência.
Paralisação parcial não afeta atendimento dos Correios

Inscrições e prova

Será possível se inscrever entre 9 e 20 de outubro, pelo do site Iades (http://www.Iades.com.br). O valor das taxas é de R$ 50 para nível médio/técnico e R$ 70 para superior.
Estará isento do pagamento da taxa de inscrição o candidato que, no termos do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007: estiver inscrito no Cadastro Único – CadÚnico para Programas Sociais do Governo Federal; e for membro de família de baixa renda. A documentação deverá ser enviada para o e-mail isencaocorreios@iades.Com.Br, até o dia 16 de outubro de 2017.
Os candidatos serão avaliados em etapa única, por meio de prova objetiva com 50 questões de múltipla escolha. O exame está marcado para 26 de novembro e ocorrerá em todos os municípios com oferta de vagas. O teste abordará conteúdos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico/Matemática, Informática, Legislação aplicada aos Correios e Conhecimentos Específicos.
O concurso terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério da empresa.