Correios lançam Emissão Especial Flores da Mata Atlântica

Correios lançam Emissão Especial Flores da Mata Atlântica

Em comemoração à chegada da primavera ao Hemisfério Sul, os Correios lançaram na última sexta-feira (22) a Emissão Postal Especial Flores da Mata Atlântica. A cerimônia de lançamento foi realizada, concomitantemente, em Curitiba (PR) e no Rio de Janeiro (RJ), com a presença de representantes da empresa e autoridades locais.  Em folha com 24 selos, as peças filatélica foram impressas em dois modelos: autoadesivos e gomados com resina aromática de odor de mata.

Decretada como “Reserva da Biosfera”, pela Unesco, e “Patrimônio Nacional”, em 1988, o bioma de Mata Atlântica oferece exemplares exuberantes de flora que podem ser aproveitados em paisagismos. Para compor a Emissão Postal Especial Flores da Mata Atlântica, foram escolhidos ipês branco e rosa, begônia e antúrio. As ilustrações são da designer Camila Hott, que utilizou a técnica de computação gráfica para a composição das peças.

Durante o evento no Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, o superintendente estadual dos Correios, Cleber Machado, enalteceu o lançamento.

“É uma honra registrar e homenagear, através da filatelia, as quatro espécies vegetais escolhidas para estampar os selos e representar essa grande riqueza natural que é a Mata Atlântica”, disse.

Machado também ressaltou a importância da conservação da Mata Atlântica.

“Com essa emissão, esperamos disseminar, pelo Brasil e pelo mundo, conhecimento sobre a nossa flora e, assim, contribuir para conscientização da sociedade acerca da importância de sua preservação”, concluiu.

Sobre os selos –  Os autoadesivos tem valor facial do 1º Porte da Carta Comercial, que é de R$ 1,80, e tiragem de 960.000 unidades. Os gomados  estão dispostos em 6 quadras, com tiragem de 480.000 selos. O valor facial desses selos é de R$ 2,55. As peças estão disponíveis nas agências dos Correios e também na loja virtual Correios Online.

Fonte

Crianças conhecem serviços postais e se encantam pelo universo da filatelia

Crianças conhecem serviços postais e se encantam pelo universo da filatelia

Uma atmosfera de alegria e ingenuidade tomou conta dos Correios da Praça Cívica, situado em Goiânia (GO), na manhã da última sexta-feira (22). Pelos corredores da agência central, olhares curiosos despertavam o sorriso e a empatia dos empregados. Eram 16 crianças, de 5 a 6 anos, do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Cecília Meireles, que visitaram a unidade para conhecer o universo postal e da filatelia por meio do projeto “Visita das Escolas aos Correios”.

A vontade de conhecer o trabalho dos Correios surgiu dos próprios alunos. A expectativa por uma entrega de brinquedos encomendados pela professora Isabella Di Velasco desencadeou a curiosidade dos pequenos.

“Quando as crianças souberam que o presente chegaria pelos Correios começaram as perguntas: Quando vai chegar o presente? Como ele vem? O que o carteiro faz?”, relata a professora.

Durante a visita, a carta confeccionada por cada criança ganhou selo e foi endereçada às suas respectivas famílias. “Agora a cartinha de vocês vai viajar de carro até chegar ao destino”, explicou o gerente da agência postal, Ruben Daniel, dando mais detalhes do processo. “O carimbo traz a data e local da postagem e informa que este selo já foi utilizado”, contou. “Mas a carta só chega de carro?”, perguntou um dos pequenos. “Não. Os carteiros também entregam de moto, de bicicleta, a pé e até de barco em alguns lugares, como na Amazônia”, esclareceu o gerente.

Antes da postagem e da aplicação do selo, as crianças participaram de uma oficina filatélica. “Os selos contam histórias e retratam pessoas, lugares e até elementos do reino animal e da flora”, explicou o gerente da Agência Filatélica, Antônio Fernandes. A medida que os selos eram apresentados, a curiosidade era cada vez mais aguçada. “Deixa eu ver!”, era dito em coro, após a apresentação do selo Flores da Mata Atlântica, que possui aroma.

Os alunos receberão um kit , com pinças, lupas e ravides, para montarem suas primeiras coleções de selos. Em meio à euforia de escolher as peças filatélicas, as crianças receberam a visita do personagem Carteirito e do superintendente Estadual, Osmar Caldeira Júnior. “Estamos muito felizes de recebê-los. Sintam-se em casa e continuem estudando”, disse o superintendente.

Crianças conhecem serviços postais e se encantam pelo universo da filatelia

Visita das Escolas aos Correios – Os Correios estão abertos para receberem unidades educacionais, públicas ou particulares em Goiás que tenham interesse em levar seus estudantes para conhecer os serviços postais. As visitas podem ser agendadas com a Coordenação de Comunicação dos Correios em Goiás pelo telefone (62) 3226-2006.

Porque as cartas precisam de selos

Para que serve os selos nas cartas?

Antes de existirem os selos, o serviço de correio tinha grandes prejuízos. Isto acontecia porque mandar cartas era uma coisa muito complicada.

No início do século 19, enviar uma mensagem era um processo demorado e caro. E o mais interessante é que quem pagava pelo serviço era quem recebia a carta. Muita gente não tinha dinheiro, não recebia a encomenda e o correio terminava fazendo uma viagem perdida.

selo do snoopy

Isso só mudou em 1840, na Inglaterra, quando foi criado o primeiro selo reconhecido oficialmente pelos historiadores. Para resolver o problema que o correio tinha de chegar à casa do destinatário e ter que voltar com a encomenda, porque a pessoa não tinha como pagar, o educador e administrador Rowland Hill elaborou uma proposta de reforma postal.

Ele sugeriu a redução das tarifas e a adoção de um preço uniforme, independente da distância entre remetente e destinatário. O valor também só seria cobrado na hora da postagem, sendo que um pequeno papel autoadesivo colado ao envelope comprovaria o pagamento.

O projeto de Hill entrou em vigor com a tarifa de 1 penny (moeda inglesa de pequeno valor) para cada meia onça (em torno de 15 gramas) de peso da correspondência.

Então, já sabemos por que usamos selo. É uma maneira de provar que o que estamos enviando já está devidamente pago!

Fonte

Luan Santana ganha selo com seu rosto em homenagem aos 10 anos de carreira

Luan Santana ganha homenagem por seus 10 anos de carreira

Cantor recebeu a lembrança dos Correios em São Paulo

Luan Santana recebeu um presente em comemoração aos seus 10 anos de carreira, neste domingo (19), em São Paulo. Ele ganhou um selo oficial dos Correios com seu rosto das mãos de um representante dos Correios. E os fãs podem comemorar: o objeto, assim como cartões postais com a foto do cantor, poderá ser comprado nas agências.

Monumentos históricos brasileiros são destaque em emissão especial de selos

Monumentos históricos brasileiros são destaque em emissão especial de selos

Monumentos históricos brasileiros são destaque em emissão especial de selos

Os Correios colocaram em circulação a emissão especial “Monumentos Históricos Brasileiros”, composta por três selos e carimbo comemorativo que ilustram edificações reconhecidas por sua importância cultural em diferentes regiões do Brasil: O Laçador, em Porto Alegre (RS), a Estátua Equestre de D. Pedro I, no Rio de Janeiro (RJ) e o Monumento à Abertura dos Portos da Amazônia às Nações Estrangeiras, em Manaus (AM).

Em Manaus,o lançamento dos selos foi realizado na última sexta-feira (11). A solenidade teve a presença de autoridades e representantes dos Correios e contou com show da banda de música dos Fuzileiros Navais e performance de dança contemporânea do grupo de balé experimental do Corpo de Dança do Amazonas.

Para o secretário de cultura do Amazonas, Robério Braga, a inclusão do marco turístico amazonense na série comemorativa dos Correios o destaca como um dos mais belos do Brasil. “O Monumento à Abertura dos Portos é uma das grandiosas criações do italiano Domenico de Angelis existentes em Manaus. Fazer parte dessa série postal só confirma o status desse nosso monumento como um dos mais esplêndidos que há no país”, assinala.

O segundo selo apresenta a imagem da metade superior do monumento “Estátua Equestre de D. Pedro I”, reproduzindo a figura do imperador sobre um cavalo, acenando com a mão direita a primeira Constituição do Brasil. O trabalho, de meados do século XIX, é o primeiro monumento cívico do Rio de Janeiro e inaugurou o estilo romântico no país.

O terceiro selo focaliza detalhe do topo do “Monumento a Abertura dos Portos da Amazônia às Nações Estrangeiras”. A obra, concluída no final do século XIX, exibe imponente figura feminina, tendo aos seus pés a estátua do deus Mercúrio, simbolizando a indústria e comércio da capital amazonense. As imagens foram dispostas na diagonal da área do selo para ampliar a ilustração das esculturas. Foram utilizadas fotografias com técnicas de arte finalização em computação gráfica.

As emissões postais trazem no canto inferior direito o logo da Exposição Colecionar 2017, evento inédito que trará para Brasília, de 24 a 29 de outubro, exposições filatélicas, com mais de 2 mil painéis de 55 países, e diversas classes de colecionismo, como selos, moedas, carros, orquídeas, artesanatos.