Bandidos ‘atrapalhados’ invadem carro dos Correios e furtam mercadorias

Caso chama atenção pela tranquilidade dos criminosos. Na hora de carregar as mercadorias na bicicleta, um deles se atrapalha e deixa uma caixa cair.

Mercadorias dos Correios foram furtadas no Balneário Cidade Atlântica, em Guarujá, no litoral de São Paulo. Imagens obtidas pelo G1 nesta segunda-feira (15) mostram o momento em que dois homens de bicicleta invadem o veículo e começam a furtar várias caixas com encomendas.

O furto ocorreu na Rua Doutor Fernando Nascimento e chama atenção pela tranquilidade dos criminosos. Um deles estaciona a bicicleta e caminha em direção ao veículo enquanto o funcionário da empresa fazia uma entrega a uma moradora. Eles, inclusive, observam toda a ação.

Um segundo suspeito chega, também de bicicleta, e recolhe os objetos. Na hora de carregar as mercadorias, um deles se atrapalha e deixa uma caixa cair. Ele para calmamente, recolhe o produto e foge em seguida.

A ação durou um minuto e meio. Depois que os criminosos saíram, o funcionário entrou no carro e seguiu viagem. A assessoria de imprensa dos Correios informou que o carteiro não sofreu violência física e passa bem. Por ser assunto relacionado à segurança, a empresa não divulga a quantidade de objetos, valores, imagens ou detalhes da ocorrência.

Ainda de acordo com os Correios, são promovidas ações conjuntas e trabalhos de inteligência voltadas ao esclarecimento de crimes de roubos contra carteiros, assim como ações preventivas.

“Essas ações conjuntas são suportadas com ferramentas de segurança logística, como veículos rastreados, monitorados e com câmeras, rastreadores de carga, escolta armada e atuação de inspetores de segurança. Em 2018, essas ações combinadas trouxeram como resultado a prisão de 188 meliantes por roubo contra carteiros na capital, região metropolitana e Baixada Santista”, afirma, em nota.

Quem tiver informações sobre a dupla pode entrar em contato com a PM pelo 190 ou pelo Disque Denúncia 181. Não é preciso se identificar.

Leia também: Como pedir indenização dos correios?

Fonte: G1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>