Aluno de Bauru ganha selo personalizado em concurso dos Correios

Desenho de Renzo Vitorino de Oliveira Dias, 10 anos, estudante da rede municipal de ensino, foi o vencedor da iniciativa promovida pelos Correios e Secretaria Municipal de Educação.

A Secretaria Municipal da Educação, em parceria com os Correios, realizou nesta segunda-feira (25) a entrega do prêmio referente ao “Concurso de Arte Juvenil-Brasil rumo a Copa 2018” no Núcleo de Ensino Renovado Lydia Alexandrina Nava Cury, no Núcleo Geisel.

O vencedor, Renzo Vitorino de Oliveira Dias, de 10 anos, recebeu como premiação o seu desenho transformado em selo personalizado. Para eleger o campeão, foram utilizados os seguintes critérios: criatividade, originalidade, legibilidade e adequação ao tema proposto.

O concurso teve como objetivo a eleição da arte no tema “Brasil Rumo à Copa 2018” para ser impresso no formato de selo personalizado na Superintendência Estadual de Operações dos Correios São Paulo Interior. Além disso, o concurso promoveu a participação da população juvenil em atividades culturais, através da divulgação da filatelia (estudo dos selos) e a capacidade de interesse de jovens pelo universo dos selos.

Para participar da competição os alunos tinham que produzir um desenho que fizesse alusão ao tema “Brasil Rumo à Copa 2018” retratando a visão que tinham sobre o Campeonato Mundial de Futebol 2018 realizado na Rússia. O concurso teve a participação dos estudantes da Educação Pública Municipal do Ensino Fundamental.

A entrega da premiação a Renzo foi feita pelo Gerente da Agência Filatélica de Bauru, Heverton Pagliaci. Os pais do aluno vencedor também participaram da premiação. Os demais alunos participantes receberam como prêmio de participação e reconhecimento um kit Correios com itens da filatelia.

Fonte: JCNET (Leia o artigo completo)

Central Braile dos Correios comemora 10 anos

Central Braile dos Correios comemora 10 anos

O serviço Postal Braile dos Correios completou 10 anos nesta quinta-feira (5). Por meio dele, pessoas com deficiência visual ganham independência e privacidade para se comunicarem por meio de correspondências. Ao receber mensagens – que podem ser escritas em braile, ou de forma convencional – a Central Braile dos Correios as convertem para a linguagem de domínio do destinatário.

A iniciativa foi idealizada, em 2007, pelo advogado Mário Alves de Oliveira, que perdeu a visão ainda na adolescência. Atendendo a clientes em todo o território nacional, a Central funciona em Belo Horizonte (MG) e já transcreveu mais de 2,3 mil mensagens apenas neste ano. Além de atender pessoas físicas,  correspondências comerciais e de órgãos públicos também são convertidas da escrita comum para o braille e vice-versa.

O serviço funciona da seguinte maneira: um comunicado bancário, por exemplo, enviado para um cliente cego, ou com pouca visão, é convertido para a linguagem tátil acessada por ele. Ao mesmo tempo, clientes podem escrever mensagens em braile e enviar para a Central, que as converterá para o alfabeto latino e enviará ao destinatário final.

O Postal Braille certificou os Correios em grau de excelência em sustentabilidade, por meio do Prêmio IBEF, promovido em 2013 pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças. Para utilizar o serviço, as correspondências devem ser endereçadas à Central Braille dos Correios:  Av. Afonso Pena, 1270 – sala 202 – Belo Horizonte – MG CEP: 30130-971.

Acessibilidade – O portal dos Correios foi pensado para se adequar às necessidades de todos os cidadãos incluindo as pessoas com deficiência. Em 2012,  foi implantada a barra de acessibilidade, que permite aumentar a fonte, o contraste e facilita a leitura por softwares usados por deficientes visuais. Os Correios também produzem cecogramas, nacionais e internacionais, que são correspondências impressas em relevo pelo sistema braile, clichês (placas de metal gravadas em relevo para impressão de textos) e registros sonoros, como CDs, expedidos por/ou endereçados às instituições de cegos oficialmente reconhecidas – todos com postagem gratuita.

Fonte

Correios é vencedor do prêmio 100 Melhores Empresas em Satisfação do Cliente

Os Correios foram os vencedores do prêmio “100 Melhores Empresas em Satisfação do Cliente de 2017” na categoria “Entregas”, concedido pelo Instituto MESC (confira aqui o ranking geral). Representando a empresa, o superintendente estadual de operações de São Paulo Metropolitana dos Correios, Sérgio Douglas Repolho Negri, participou da cerimônia de premiação, que ocorreu nessa terça-feira (5), no Espaço Cinemark, em São Paulo.

Correios é vencedor do prêmio 100 Melhores Empresas em Satisfação do Cliente

O resultado é fruto de pesquisa que ouviu mais de 250 mil clientes em todo o país, em 24 segmentos de mercado, entre março de 2016 e março de 2017. Na categoria Entregas, foram ouvidos 4.859 clientes que responderam a um  questionário composto por 30 afirmativas, três questões demográficas e duas questões abertas.

A pesquisa seguiu a metodologia do Pentagrama da Satisfação do Clientee os dados estatísticos foram auditados seguindo o coeficiente Alpha de Cronbach. Ao todo, 74 empresas foram citadas pelos clientes e 36 delas passaram para a segunda fase do processo. No ranking geral do prêmio, os Correios obtiveram a posição 279ª.

“A metodologia é constituída por uma pesquisa quantitativa e qualitativa. Desse índice, 85% representa a média final da empresa. Os outros 15% vêm de uma auditoria, feita por um profissional com experiência consolidada no segmento, que avalia todas as práticas da empresa com o mercado. Na parte de atendimento, o instituto usa clientes ocultos para avaliar”, explicou o CEO do Instituto MESC, Luiz Rocha.

Fonte

Prática sustentável dos Correios concorre ao Prêmio Sesi ODS 2017

O Veículo Elétrico de Calçadão (VEC) dos Correios é uma das práticas sustentáveis finalistas do Prêmio Sesi ODS 2017, iniciativa que visa reconhecer as organizações públicas e privadas que trabalham em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Em sua segunda edição, o Prêmio recebeu inscrições de 33 empresas na categoria “Poder Público”, sendo 12 delas classificadas, incluindo os Correios, que concorrem com o Tribunal Regional do Trabalho 9° Região na subcategoria “Poder Público Federal”.

Além de deixar de emitir 85,2g de monóxido de carbono (CO), 14,2g de hidrocarbonetos (HC), 21,6g de óxidos de nitrogênio (NOx) e 0,497g de aldeídos (CHO) diariamente, ao adotar os VECs os Correios reduziram suas rotas de entrega de 11 para 9.  Com aumento da produtividade, a Empresa regularizou o horário de coleta/entrega, obtendo maior satisfação dos clientes e reconhecimento das práticas sustentáveis utilizadas.

Sobre os VECs – Tendo como visão estratégica ser a primeira escolha do cliente nos produtos e serviços oferecidos, os Correios vêm modernizando sua atuação e se posicionando frente a um mercado cada vez mais exigente, principalmente na área operacional de coleta e distribuição dos principais centros urbanos.

No caso de Curitiba, que adotou medidas restritivas quanto ao acesso de veículos automotores em determinadas áreas da cidade, a alternativa encontrada foi o uso dos VECs – veículos de pequeno porte, porém com grande capacidade (até 1.000 kg de carga útil) e de fácil manejo, elétricos, não poluentes, e que pudessem circular legalmente em áreas destinadas exclusivamente a pedestres (velocidade máxima de 5km/h).

O resultado final da premiação será divulgado no dia 17 de outubro, durante o Congresso Sesi ODS, em Curitiba

Fonte